Translate

segunda-feira, 26 de março de 2018


THE WHISPERS 
Texto: Marcelo Gordo DJ

Falar do grupo Whispers é como voltar a era jurássica da música, lá em 1969, onde foi lançado seu primeiro LP, e de lá pra cá o grupo nunca mais deixou as paradas de sucessos, nos brindando sempre com grandes clássicos da Black Music, seja lenta ou balanço, ficando para sempre sua bandeira na musica mundial.
Formado em 1964, em Watts, na Califórnia, os membros originais do Whispers eram os irmãos gêmeos Walter e Wallace Scott , Gordy Harmon , Nicholas Caldwell e Marcus Hutson, que em 1973 seria substituído por Degree de Leaveil.
Músicas maravilhosas foram cantadas por esse grupo que teve duas músicas como número 1 nas paradas de sucessos. Uma foi And The Beat Goes On em 1978 e quase 10 anos depois repetiu o feito com a contagiante Rock Steady, prova que o vigor do grupo continuava na ativa mesmo após quase 20 anos depois do primeiro disco.
Grandes clássicos de rádios e bailes embalaram gerações como, This Kind Of Lovin', And The Beat Goes On, It's A Love Thing, I Can Make It Better ,Up On Soul Train, In The Raw, Emergency, Tonight, Rock Steady, Keep On Lovin' Me, Some Kinda Lover . Isso tudo sem contar as músicas lentas que também eram sucessos absolutos, além de terem feitos trabalhos para vários outros artistas, fazendo do grupo um dos melhore do R&B de todos os tempos.
Eles foram introduzidos no Hall da Fama em 2003 e em 2014 no R&B Hall Of Fame, provando que nunca se deve desistir dos seus sonhos, e devemos estar lutando sempre por ele.
Ativo há mais de 50 anos, o grupo permanece vivo na memória daqueles que curtiram e tocaram suas músicas nos grandes bailes e nas rádios espalhadas, não só pelo Brasil, mas pelo mundo. Um prêmio mais do que merecido para esse grupo maravilhoso chamado The Whispers, e para nós amantes da boa música, que nesses anos todos aprendemos a respeitar e amar toda trajetória desse grupo iniciada, lá nos distantes anos 60, é que o programa BOOGIE NIGHTS orgulhosamente traz para vocês nesse Especial do dia 25/02 (Módulo 4), o grupo The Whispers.

Kashif (By Marcelo Gordo DJ)

Hoje vamos embarcar numa viagem no tempo, lá no começo dos anos 80, para contar a trajetória de um grandes dos Mestres da Black Music.
Produtor, cantor, arranjador, autor, diretor, compositor e instrumentista, ele nos presenteou com vários clássicos durante a sua vida. Estamos falando de KASHIF.

Nascido no Bronx, em Nova York em 1959, Kashif se interessou por música desde muito menino e seu dom artístico não demorou a aparecer. Logo aprendeu a tocar flauta e depois piano. A música se tornou um refúgio reconfortante no porão da igreja onde morava e lá estudou o Islã, e logo mudaria o seu no me de Michael Jones para Kashif Saleem. 

Kashif começou a tocar teclados no grupo B.T. Express no final dos anos 70, e abandonou o grupo no começo dos anos 80. Chegou a gravar uns demos que o levou a assinar um contrato solo com a gravadora Arista Records, pois o diretor apostava no seu talento. 

Para que o primeiro álbum saísse perfeito, Kashif contou com a seleção de grandes músicos. Estavam ao seu lado artistas como Melba Moore, Evelyn King, Lillo Thomas, Paul Lawrence e Howard Johnson, entre outros.

Em 1983 Kashif lançava o seu primeiro LP, intitulado Kashif, permitindo ao mundo conhecer todo trabalho desse brilhante artista. O LP foi um sucesso estrondoso, transformando Kashif num dos melhores produtores de Black Music dos anos 80, graças a sua capacidade musical. Nesse primeiro álbum fomos brindados com vários clássicos como, I Just Gotta Have You (Love Turn Me On), Stone Love, Don't Stop My Love, Help Yourself To My Love, dentre outras. Na verdade, grandes obras primas que foram clássicos de bailes e tornaram o Kashif um grande astro da Black Music.

Kashif veio a produzir George Benson, Whitney Houston, e Dionne Warwick, entre tantos que viram em Kashif o segredo do seu sucesso.

O segundo LP, lançado em 1984, chamado Send Me Your Love, foi outro sucesso de crítica e público, pois trazia os hits, Call Me Tonight, I've Been Missin' You, Baby Don't Break, Your Baby's Heart. Foi um estouro nos bailes aqui no Rio De Janeiro e nos programas de R&B nas Rádios.

Kashif ainda fez outros bons LPs, mas sem o impacto que esses dois primeiros álbuns causaram ao mundo da Black Music.

Infelizmente Kashif faleceu em 2016, deixando uma lacuna profunda em toda estrutura da Black Music. Seu nome nunca será esquecido, e sua obra vai estar sempre à disposição de quem ama boa música e aprecia grandes produções. 

E é isso que o BOOGIE NIGHTS vai fazer hoje. Proporcionar a todos vocês uma viagem no tempo para curtir a obra desse grande Mestre da Black Music, chamado KASHIF

DJ Marcelo Gordo